A Virgem Maria na Liturgia da Igreja

Novo produto

Documentos da Igreja e Estudos

Autor: (vários)
Tamanho: 148X210mm
N.º de páginas: 496
ISBN 978-989-8877-03-1
1ª edição: 2017

Índice do livro »

Esta publicação é uma antologia de alguns textos do Magistério, dos livros litúrgicos, de conferências e outras reflexões litúrgico-marianas.

Mais detalhes

8,00€ com IVA

Adicionar à Lista de desejos

Mais informação

APRESENTAÇÃO

O primordial texto mariano do Segundo Concílio do Vaticano, ou seja, o número 103 da Constituição Sacrosanctum Concilium indica o sentido autêntico da relação entre a Virgem Santa Maria e a Liturgia da Igreja: «Na celebração deste ciclo anual [Ano Litúrgico] dos mistérios de Cristo, a Santa Igreja venera com especial amor a Bem-aventurada Virgem Maria, Mãe de Deus, indissoluvelmente unida à obra de salvação do seu Filho; em Maria a Igreja admira e exalta o fruto mais excelso da Redenção, e a contempla com alegria como imagem puríssima do que toda ela deseja e espera ser».

Por isso, a Igreja, ao celebrar os divinos mistérios, evidencia as motivações essenciais da presença mariana contínua na Liturgia: colaboração de Maria na obra da salvação; exemplaridade para a Igreja; fruto mais excelso da Redenção e imagem escatológica da Igreja.

Um formulário da Colectânea das Missas da Virgem Santa Maria (n. 26), cujo iter é o Ano Litúrgico, oferece, no Prefácio, um caminho excelente da espiritualidade litúrgico-mariana, apresentando Maria, imagem e mãe da Igreja e modelo do verdadeiro culto: «Senhor, Pai santo, Deus eterno e omnipotente, é verdadeiramente nosso dever, é nossa salvação dar-Vos graças, sempre e em toda a parte, por Cristo, nosso Senhor. Na vossa infinita bondade, destes à Igreja Virgem e Mãe, como exemplo do verdadeiro culto, a Virgem Santa Maria. Ela é a Virgem ouvinte, que escuta com alegria as vossas palavras e as medita no silêncio do seu coração. Ela é a Virgem orante, que exalta a vossa misericórdia no seu cântico de louvor, intercede com solicitude pelos esposos em Caná e se associa no Cenáculo à oração dos Apóstolos. Ela é a Virgem fecunda, que dá à luz o seu Filho pela virtude do Espírito Santo e, junto à cruz, é proclamada Mãe do povo da nova aliança. Ela é a Virgem oferente, que Vos apresenta no templo o seu Filho Primogénito e, junto à árvore da vida, se une à sua oblação redentora. Ela é a Virgem vigilante, que espera firmemente a ressurreição do seu Filho e aguarda fielmente a descida do Espírito Santo».

Por ocasião da realização do 43º Encontro Nacional de Pastoral Litúrgica, sob o tema A Virgem Santa Maria na Liturgia, realizado em Fátima e no âmbito do centenário das aparições da Virgem Santa Maria em Fátima, pensámos publicar esta antologia de alguns textos do Magistério, dos livros litúrgicos, de conferências e outras reflexões litúrgico-marianas. Desejamos, vivamente, que esta publicação contribua para uma maior inteligência da celebração litúrgica e da centralidade de Cristo, acompanhados pela «Virgem Maria do Evangelho venerada pela Igreja orante (...). Tomados pela mão da Virgem Mãe e sob o seu olhar, podemos cantar, com alegria, as misericórdias do Senhor» [Papa Francisco em Fátima (12.05.2017)]».

A centralidade do mistério de Cristo na Liturgia da Igreja une todas as festas de Maria à sua mesma celebração no decurso do Ano Litúrgico.

+ José Manuel Garcia Cordeiro
Bispo de Bragança-Miranda
Presidente da Comissão Episcopal da Liturgia e Espiritualidade

Avaliações

Sem avaliações neste momento.

Escrever uma avaliação

A Virgem Maria na Liturgia da Igreja

A Virgem Maria na Liturgia da Igreja

Documentos da Igreja e Estudos

Autor: (vários)
Tamanho: 148X210mm
N.º de páginas: 496
ISBN 978-989-8877-03-1
1ª edição: 2017

Índice do livro »

Esta publicação é uma antologia de alguns textos do Magistério, dos livros litúrgicos, de conferências e outras reflexões litúrgico-marianas.

Downloads

Maria na Liturgia - Índice

Índice do livro A Virgem Maria na Liturgia da Igreja

Downloads (207.48k)