Novo Cânticos para a Celebração do Matrimónio – I (Coro) Ver maior

Cânticos para a Celebração do Matrimónio – I (Coro)

Novo produto

Índice do livro »

Formato: 297X210 mm

240 páginas

ISBN  978-989-8877-13-0

1ª edição: Abril de 2018

Os cânticos partem do Rito próprio da celebração do Matrimónio: entrada, salmo responsorial, aclamação, pós-consentimento e entrega das alianças, ofertório, comunhão, cântico final e um eventual momento simbólico da entrega do ramo à Virgem Santa Maria, Mãe de Deus e Mãe da Igreja.

Mais detalhes

15,00€ com IVA

Adicionar à Lista de desejos

Mais informação

Conheça o Volume para Instrumentais »

Temos condições especiais para encomendas em maior número. Para obter mais informações, contacte-nos pelo telefone (+351 249 533 327) ou pelo email (secretariado@liturgia.pt).

ERRATA

Pág. 185: Avé Maria II (download da partitura completa)

Apresentação

«O Matrimónio é constituído pela aliança conjugal, isto é, pelo consentimento irrevogável de ambos os cônjuges que livremente se entregam e se recebem» (Preliminares do Ritual do Matrimónio, 2).

A preparação cuidadosa para a celebração do sacramento do Matrimónio é muito recomendada nos mesmos Preliminares: «A própria celebração deverá preparar-se cuidadosamente, tanto quanto possível com os nubentes. Celebre-se o Matrimónio habitualmente dentro da Missa. O pároco, porém, tendo em conta quer as necessidades pastorais quer a participação dos nubentes e dos assistentes na vida da Igreja, considere se será conveniente propor a celebração do Matrimónio dentro ou fora da Missa» (n. 29).

O Papa Francisco, na Exortação Apostólica pós-sinodal Amoris Laetitia, entusiasma os noivos: «Tende coragem de ser diferentes, não vos deixeis devorar pela sociedade do consumo e da aparência. O que importa é o amor que vos une, fortalecido e santificado pela graça. Vós sois capazes de optar por uma festa austera e simples, para colocar o amor acima de tudo» (n. 212). E acrescenta: «A liturgia nupcial é um acontecimento único, que se vive no contexto familiar e social de uma festa. (...) Trata-se, pois, de uma preciosa ocasião para anunciar o Evangelho de Cristo» (n. 216).

A escolha dos cânticos não é de menor relevância na preparação cuidadosa para a celebração do Matrimónio: «Os cânticos a utilizar sejam adequados ao rito do matrimónio e exprimam a fé da Igreja, tendo em conta de modo especial a importância do Salmo responsorial na liturgia da Palavra. E o que se diz da escolha dos cânticos vale também para a escolha das obras musicais» (Preliminares do Ritual do Matrimónio, 30).

As composições musicais como Marcha nupcial de Mendelssohn, Marcha nupcial de Wagner, Largo de Haendel, Ave Maria de Gounod, Ave Maria de Schubert, Aria de Igreja de Stradella, nunca poderão substituir os cânticos próprios da liturgia matrimonial. Contudo, poderá eventualmente ser admitido o seu uso em momentos como a entrada individual de cada noivo e na saída.

Todas as obras musicais devem estar em unidade perfeita com a celebração litúrgica (cf. SC 112). A participação comunitária no canto tenha a primazia sobre qualquer outra forma, pelo que os cânticos, em geral, devem ser acessíveis a todos e conduzir a mente e o fervor do espírito para a centralidade da acção sagrada.

O grupo coral há-de ser constituído primordialmente pelos membros da comunidade, com a devida preparação espiritual e litúrgica. Verdadeiro animador da comunidade nas celebrações litúrgicas, o grupo coral exercerá a sua função gratuitamente, como verdadeiro ministério. Haja um cuidado pastoral claro para não deixar fazer das celebrações litúrgicas um concerto, um espectáculo ou uma cerimónia social.  

O Ritual do Matrimónio recomenda ainda: «Com os próprios nubentes, hão-de escolher-se oportunamente as leituras da Sagrada Escritura, que vão ser comentadas na homilia. Hão-de escolher-se também os formulários da troca de consentimentos, da bênção das alianças e da bênção nupcial, bem como as intenções da oração universal e dos cânticos» (n. 29). 

Na verdade, o Rito do Matrimónio evidencia uma ambientação estritamente litúrgica da celebração do casamento, onde o canto e a música manifestam um sinal importante da experiência vocacional dos fiéis baptizados em Cristo.

Esta selecção de cânticos pretende dar resposta a situações variadas: a assembleias com poucos recursos na área musical, com cânticos bastante simples a uma só voz, e a assembleias com um coro que pode cantar a várias vozes, com cânticos mais elaborados.

Por isso, os cânticos propostos nesta Colectânea de Cânticos para a Celebração do Matrimónio partem do Rito próprio da celebração do Matrimónio: entrada, salmo responsorial, versículos da aclamação antes do Evangelho, pós-consentimento matrimonial e entrega das alianças, ofertório, comunhão, cântico final e um eventual momento simbólico da entrega do ramo à Virgem Santa Maria, Mãe de Deus e Mãe da Igreja. Para além dos diversos cânticos, é proposto o acompanhamento organístico, sempre que ele exista. Um outro volume apresentará alguns arranjos para diversas formações instrumentais, que poderão ser úteis para o enriquecimento da celebração.

Salvo em casos da celebração do Matrimónio entre noivos de línguas diferentes, a língua litúrgica, nomeadamente dos cânticos, é a portuguesa, bem como a latina.

A Assembleia Plenária da Conferência Episcopal Portuguesa aprovou e a Comissão Episcopal da Liturgia e Espiritualidade publica o actual livro de cânticos destinados à liturgia sacramental do Matrimónio, a fim de que a celebração seja vivida com grande profundidade numa participação activa, plena, consciente e frutuosa (cf. SC 14).

 

 

+ José Manuel Garcia Cordeiro, Bispo de Bragança-Miranda e presidente da CELE

+ Anacleto Cordeiro Gonçalves de Oliveira, Bispo de Viana do Castelo

+ António Maria Bessa Taipa, Administrador Diocesano do Porto

+ José João dos Santos Marcos, Bispo de Beja

P. Pedro Lourenço Ferreira, OCD, Secretário da CELE

Avaliações

Sem avaliações neste momento.

Escrever uma avaliação

Cânticos para a Celebração do Matrimónio – I (Coro)

Cânticos para a Celebração do Matrimónio – I (Coro)

Índice do livro »

Formato: 297X210 mm

240 páginas

ISBN  978-989-8877-13-0

1ª edição: Abril de 2018

Os cânticos partem do Rito próprio da celebração do Matrimónio: entrada, salmo responsorial, aclamação, pós-consentimento e entrega das alianças, ofertório, comunhão, cântico final e um eventual momento simbólico da entrega do ramo à Virgem Santa Maria, Mãe de Deus e Mãe da Igreja.

Downloads