Crianças em Adoração

Novo produto

Autora: Maria José Diegues de Oliveira, SFRJS

Tamanho:135X190mm
N.º de páginas: 208
ISBN 978-989-8877-47-5
1ª edição: Junho de 2019

Colecção: Louvor das criaturas – 2

Livro impresso a cores

Mais detalhes

7,00€ com IVA

Adicionar à Lista de desejos

Mais informação

Este livro foi preparado para apoiar momentos de oração com os mais pequenos. Oferece doze esquemas com temas que podem percorrer o ano litúrgico, e apresentam-se nas várias formas de oração descritas no Catecismo da Igreja Católica. Muito centrados na Palavra de Deus, concretizam-na em temas que tocam o quotidiano da vida.

Apresentação

Abraçar o infinito

 

Alguns poderão ficar perplexos apenas com o título “Crianças em adoração”, como se a adoração, principalmente aquela eucarística, fosse apenas algo reservado aos adultos, gente com inteligência e devido respeito para saber estar diante do Pão da Vida, dado em alimento por todos.

No entanto, bastará pedir à mais pequena das crianças para, numa celebração da Eucaristia, fechar os olhos, fazer silêncio e se colocar diante de Jesus, para concluir que elas têm como que uma ligação especial e directa com o transcendente. Sim, quase um “wifi espiritual” sempre em sinal aberto.

Além disso, a adoração eucarística é a arte por excelência do amor e da fé, conjugados num abraço entre Deus que se fez alimento e cada um de nós que se reconhece esfomeado de eternidade.

Não há amor nem fé, se não nascer de um encontro, de uma relação, de confidências e silêncios. E, nestes âmbitos fundantes da vida, os adultos têm muito a aprender com as crianças. «Se não voltardes a ser como as criancinhas, não podereis entrar no Reino do Céu» (Mt 18, 3), como se elas possuíssem a chave do enorme tesouro! O próprio Jesus no-lo revela ao estremecer de regozijo com tal louvor, imbuído de inocência e verdade, ao evocar o Salmo 8: “Nunca lestes: Da boca dos pequeninos e das crianças de peito fizeste sair o louvor perfeito?” (Mt 21, 16).

Conta-se que um famoso montanhista, subindo o Himalaia, reparou que a um certo ponto da ascensão o guia nepalês parou e se sentou. Perguntando-lhe o porquê, o guia respondeu: «sentei-me para esperar pela minha alma, porque ficou para trás». A vida é um ondular sem tréguas, uma subida sem respiro. Parar é ter tempo para esperar pela alma, isto é, para aquilo que nos dá vida, que nos anima, que alimenta o sentido, ilumina o caminhar. Parar com Jesus é ter espaço e tempo para acolher o seu dom de amor. E saber que somos apenas criaturas, vasos nas mãos do oleiro, crianças nos braços do Pai.

Adorar é aquele espaço de intimidade único, o bater do coração, um arrepio, uma carícia de Deus, onde o mais pequeno olhar vale mais do que mil palavras. Colocar-se em atitude de contemplação diante do outro, recorda que não somos o centro do universo, mas que se vive do Outro, a partir dele e do seu amor.

Sobre o altar, num profundo silêncio, feito pão, parece que Deus se expõe, tem tempo, não julga, apenas está e acolhe. Ainda hoje, como em Belém, Deus procura casa, lugar de encontro, de vida e de amor. E as crianças, disponíveis a abrir o coração, são as primeiras a compreender que a graça de Deus está ali, disponível a todos, sem razão e sem medida, para sempre. «Tomai e comei, isto é o meu corpo; tomai e bebei, este é o meu sangue» (cf. Mt 26, 26-28). E num milagre de amor, reconhecem que o Corpo de Jesus é vida, uma pessoa, uma história bela gravada pela cruz e repartida em pão pela humanidade. Descobrir com as crianças esta beleza de Cristo, leva a tornarmo-nos Naquele que contemplamos. Graças à oração de adoração, a nossa vida é transformada num prolongamento da celebração eucarística, torna-se Eucaristia. Contemplar juntos, adorar juntos, fortifica uma vida de comunhão.

Preparado desde o cerne espiritual do carisma da Congregação das Servas Franciscanas Reparadoras de Jesus Sacramentado, em doze encontros, este livro oferece um aproximar-se das crianças a Jesus Eucaristia; oferece uma possibilidade de abraçar o infinito, onde se recupera o silêncio interior, a escuta da Palavra de Deus, a capacidade de recolhimento, na companhia daquele “TU” cheio de amor que é Jesus Cristo, o Deus próximo e amigo, vida no Espírito.

É um percurso de acção de graças diante da Gratuidade da Graça, um abeirar-se do memorial da última ceia e primeira eucaristia, do banquete pascal em que todo o universo rejubila de alegria, um viver a presença do Eterno que se fez homem e habita no meio de nós.

A Virgem Maria, mulher eucarística e precioso sacrário, é também Mãe e companheira para ajudar a introduzir no segredo da verdadeira adoração.

Na adoração do pão nosso de cada dia, nasce assim – pelas crianças – os novos céus e a nova terra, onde se abraça, com amor, o infinito.

Padre José Fernando Caldas Esteves

 

Introdução

Tendo em conta que é nas mais tenras idades que melhor se prepara o encontro da pessoa com Deus na oração, este livro foi preparado para apoiar momentos de oração com os mais pequenos.

Oferece doze esquemas com temas que podem percorrer o ano litúrgico, e apresentam-se nas várias formas de oração descritas no Catecismo da Igreja Católica. Muito centrados na Palavra de Deus, concretizam-na em temas que tocam o quotidiano da vida. Alguns salmos escolhidos foram adaptados não apenas para uma melhor compreensão do seu conteúdo, mas também para que sejam descoberta progressiva desta forma orante da Palavra de Deus, para que as crianças descubram como é belo rezar com os Salmos, com a Bíblia e moldar nos nossos lábios a nossa fé com a fé dos que nos precederam.

Estes esquemas não pretendem ser rígidos, mas flexíveis ao ponto de se poderem adaptar a diferentes contextos e a diferentes idades. Caberá ao animador a gestão do tempo de oração, a escolha dos elementos que melhor se adequam às características das crianças e até à adaptação destes, dentro do contexto e dos recursos disponíveis.

Os esquemas podem ser usados num ambiente de catequese ou fora dele e o mesmo se diga das sugestões de actividades ligadas a cada um dos esquemas que, até por um certo carácter lúdico, pretendem ter uma continuação na família – chegar às famílias! – e constituir possibilidades de aprofundamento da Palavra de Deus.

Este livro pode constituir um banco de recursos para a catequese e para a evangelização em geral, pode também ser usado na oração em família, mas o seu objectivo primordial é iniciar as crianças na adoração Eucarística fora da missa, embora em estreita ligação com ela, e num ambiente de oração comunitária. Porque a fé que cresce só terá alicerces estáveis se for sendo sedimentada neste encontro amoroso e confiante com o Amigo!

Maria José Diegues de Oliveira

Servas Franciscanas Reparadoras de Jesus Sacramentado, sfrjs

Avaliações

Sem avaliações neste momento.

Escrever uma avaliação

Crianças em Adoração

Crianças em Adoração

Autora: Maria José Diegues de Oliveira, SFRJS

Tamanho:135X190mm
N.º de páginas: 208
ISBN 978-989-8877-47-5
1ª edição: Junho de 2019

Colecção: Louvor das criaturas – 2

Livro impresso a cores