• Novo

Vida nova em Cristo

8,00 €
Com IVA

Estudo teológico-litúrgico dos Escrutínios do Tempo da Purificação e da Iluminação


Autor: Carlos Aquino

Tamanho:148X210mm

N.º de páginas: 208

ISBN 978-989-8877-89-5

1ª edição: fevereiro de 2021

Coleção: Hodie – 1

Quantidade

 

Security policy (edit with Customer reassurance module)

 

Delivery policy (edit with Customer reassurance module)

 

Return policy (edit with Customer reassurance module)

Apresentação

Em boa hora o Pe. Carlos Aquino, sacerdote da diocese do Algarve, acedeu ao pedido do Secretariado Nacional de Liturgia para publicar esta Obra, fruto do trabalho efetuado no âmbito da dissertação de Licenciatura em Liturgia, no Pontifício Ateneu de Santo Anselmo em Roma.

Vida nova em Cristo é o seu titulo explicitado em subtítulo: um estudo teológico-litúrgico dos Escrutínios no Tempo da Purificação e da Iluminação. Um tema muito atual, inclusive no nosso ambiente eclesial em que cada vez mais nos deparamos com adultos que pretendem receber os sacramentos de Iniciação cristã.

O percurso que a leitura deste livro nos convida a percorrer, vem confirmar que não nascemos cristãos e que a fé é dom e fruto da Graça. Tornamo-nos cristãos de forma gradual e progressiva. Por isso, a vitalidade e a fecundidade da vida cristã exigem tempo e maturação.

É esta a razão pela qual o Magistério da Igreja valorizou, de modo singular, e propôs, já há tanto tempo, a Iniciação cristã como processo para o crescimento na fé, de modo a atingir a plena maturidade do Homem novo em Cristo (cf. Ef 4, 13). Iniciação que conheceu um grande desenvolvimento nos primeiros séculos do cristianismo, quando era necessário formar cristãos para viver e testemunhar a fé em ambiente pagão, adverso à fé cristã.

A reforma conciliar levou a Igreja a propor, de novo, a Iniciação e o Catecumenado como pedagogia mais adequada e eficaz para a preparação e a celebração dos sacramentos de Iniciação cristã: um caminho progressivo e exigente de conversão; um itinerário pedagógico, formativo, espiritual e místico para adentrarmos no Mistério de Deus; um percurso para formar discípulos missionários e conduzir à identidade da fé.

A Teologia litúrgica contida no Ritual da Iniciação Cristã dos Adultos, ao relevar a unidade entre os três Sacramentos da Iniciação (Batismo – Confirmação - Eucaristia), manifesta que esta é essencialmente sacramental. É por meio dos Sacramentos da Iniciação que, chamados à fé, unidos a Cristo na Sua Morte e Ressurreição, somos libertos do poder das trevas e do reino da morte e recebemos o espírito de adoção filial. Na celebração dos “sinais”, com todo o povo santo de Deus, está presente o evento salvífico da Páscoa do Senhor (Cf. AG 14), isto é, a passagem da morte para a vida, do homem velho dominado pelo pecado para a novidade da vida, a plena maturidade e perfeição do homem novo em Cristo.

Os Sacramentos da Iniciação são o vértice de todo o itinerário pedagógico pastoral, litúrgico e espiritual do Catecumenado. Efetivamente a Iniciação cristã possibilita uma primeira participação sacramental nestes mistérios da Graça (Cf. OICA 8), pela qual, escolhidos por vontade divina e chamados à fé, podemos experimentar a incomensurável comunhão com o Deus Vivo. Quando se vive na dimensão da fé, este percurso catequético e celebrativo faz descobrir que o protagonista desta história é o próprio Deus. É um processo iluminador e purificador da existência, que conduz à participação e fruição do Mistério pascal do Senhor, presente nas celebrações rituais.

A vida nova é sempre dom oferecido, desejo de comunhão e de intimidade partilhada. Mas é sobre todo o processo iniciático e dentro dele que os catecúmenos aprendem a ser e a viver como “Corpo” de Cristo, a Sua Igreja, descobrindo a que Graça são chamados. O objetivo principal de todo o itinerário do Catecumenado é o de conduzir à experiência da vida com Deus, no Espírito, com a mediação da Igreja.

O Tempo da Purificação e Iluminação é caraterizado como um tempo de recoleção espiritual e de ascese interior, percorrido na última Quaresma, antes da receção dos Sacramentos. Tem como objetivo libertar do mal e fortalecer o coração em Cristo, Caminho, Verdade e Vida; promover uma cuidada meditação e contemplação sobre as realidades divinas; proporcionar uma forte experiência celebrativa, que solidifica a purificação do coração e das vontades e ilumina na redescoberta de Cristo Salvador; constituir um especial momento de consciencialização do dom de Deus e da oferta gratuita da Salvação.

Esta Obra oferece o aprofundamento dessas dimensões. À Introdução geral sobre o Catecumenado e o Ritual da Iniciação Cristã dos Adultos, segue-se a descrição da importância deste Tempo, particularmente celebrativo, valoriza-se o estudo do “Leccionário” (sobretudo o Evangelho), a “Eucologia” da Missa no estudo do “Praefatio”, “Collecta”, orações “Super Oblata” e “Post Communionem”, das orações “Deprecatio pro Electis” e dos ritos dos Exorcismos, e conclui-se com uma abordagem teológica litúrgica sobre os mesmos.

O Tempo da Purificação e da Iluminação, ocupa um lugar central na preparação para a receção dos Sacramentos da Iniciação: prepara e dispõe, de modo mais intenso, a comunidade dos fiéis e os eleitos para a celebração frutuosa do Mistério Pascal, que os Sacramentos da Iniciação aplicam a cada um, através dos Escrutínios e do rito dos Exorcismos. Este Tempo surge, assim, como um verdadeiro momento de purificação e amadurecimento na fé; de iluminação e maior empenhamento no testemunho e amor a Deus; de conhecimento mais sincero de cada um sobre si mesmo à luz da Palavra vivificadora de Cristo.

É neste Tempo, particularmente pelo rito dos Escrutínios, que os eleitos são introduzidos de modo mais profundo no mistério de Cristo Salvador – o dom da água viva, a luz e a vida – e aprendem a viver da santidade de Deus, solidificando a liberdade, a esperança e o amor. Por isso, os Escrutínios são celebrações essenciais, que não devem ser nem facilmente dispensadas, nem timidamente celebradas, por vezes, à margem da Comunidade.

A Comunidade, como os eleitos, que desejam solidificar ou iniciar-se na fé, são enriquecidos de modo profundo e único nestas celebrações. Elas levam à descoberta de que é Deus que deseja morar no mais íntimo de cada um, para conduzir à liberdade, à vida plena e à salvação. Eleitos e comunidades cristãs aprendem, através deste Tempo, a transformar as suas vidas em Cristo Homem novo, para que toda a vida seja verdadeiramente um canto novo e um hino permanente de louvor ao Nome de Deus.

Por tudo isto, os Escrutínios, através do seu rito principal, e os Exorcismos são um momento singular e imprescindível, que marca pessoal e comunitariamente no aperfeiçoamento da vida e no acolhimento do dom e da vontade de Deus, de purificação e iluminação. A meta é atingir a plena maturidade e perfeição do homem novo em Cristo a que conduzem os Sacramentos da Iniciação e a Páscoa eterna confirmará em definitiva e inexaurível Aliança.

Estou certo de que esta Obra proporcionará aos seus leitores um maior apreço por este caminho da Iniciação cristã, bem como o poderem desfrutar da riqueza doutrinal e espiritual que ele propõe, assumido como pedagogia tão antiga mas sempre nova, a novidade própria da ação do Espírito na realização da missão da Igreja.

X D. Manuel Neto Quintas
Bispo do Algarve

VNC

Downloads

VivaNovaEmCristoIndice

Índice do livro Vida nova em Cristo

Downloads (804.67k)