• Novo
Creio em Jesus, o Filho de Deus
  • Creio em Jesus, o Filho de Deus

Creio em Jesus, o Filho de Deus

6,00 €
Com IVA

Autor: D. Manuel Madureira Dias

Tamanho: 160X230mm

N.º de páginas: 184

ISBN 978-989-8877-83-3

1ª edição: 2021

Coleção: Verbum caro – 6

Índice do livro »

O autor concentra-se no essencial da fé. Seguindo a prática pastoral da Igreja primitiva, debruça-se criteriosamente sobre os temas mais iluminadores do Evangelho, como sejam a luz, a vida nova, a água viva, o dia sagrado, o bom pastor, o pão da vida, a ressurreição de Lázaro e a hora de Jesus que preparam e iluminam o mistério pascal da Morte e Ressurreição de Jesus, e só depois, reflete sobre o mistério da Encarnação do Verbo, com referência sintética, objetiva, precisa e esclarecedora às heresias cristológicas dos primeiros séculos. Ao longo desse percurso de análise e interpretação dos textos evangélicos, clarifica o sentido da profissão de fé em Jesus Cristo, recolhida no símbolo niceno-constantinopolitano e que é apresentada no fim.

Quantidade

 

Security policy (edit with Customer reassurance module)

 

Delivery policy (edit with Customer reassurance module)

 

Return policy (edit with Customer reassurance module)

Prefácio

O autor deste precioso livro é bem conhecido no ambiente católico como pensador iluminado, escritor fecundo, crente esclarecido, pastor zeloso e trabalhador incansável. Como fruto do seu trabalho persistente, oferece-nos agora mais um livro, dedicado a Jesus Cristo por quem se apaixonou desde muito novo e a quem consagrou toda a sua vida. Aprofundou e clarificou de tal maneira a fé e o conhecimento sobre Jesus Cristo que viria a ser um brilhante professor de Cristologia no Instituto Superior de Teologia de Évora, que ajudou a fundar e dirigiu até ser nomeado Bispo do Algarve.

Ao longo do seu ministério apostólico, prosseguiu, de muitas formas e com a mesma paixão de pastor zeloso, o anúncio da Boa Nova do Evangelho e a reflexão sobre o mistério de Cristo, Filho de Deus, verdadeiro Deus e verdadeiro homem, Salvador da humanidade.

Agora, como bispo emérito, retido em casa pelas limitações da saúde, decidiu passar a escrito a súmula das suas reflexões teológicas, que lhe permitiram penetrar no mistério, mais com a sabedoria do amor do que com as luzes da razão. A sabedoria do amor levou-o a saborear, com tempo e profundidade, a sua relação com o Senhor. Pois bem, é o resultado da profunda reflexão e da íntima relação amorosa com o Senhor que ele nos oferece neste livro.

Não se trata de um livro académico. Por isso, evita as habituais informações e referências aos conceituados tratados de cristologia, que, aliás, conhece bem. Não é seu propósito informar sobre o que se escreveu e se disse sobre Jesus Cristo. Trata-se antes de por em evidência o essencial da fé e deixar-nos, por escrito, uma profissão de fé em Jesus Cristo, profunda, esclarecida e iluminada pela Palavra.

Toda a sua reflexão parte da Palavra de Deus, nomeadamente dos quatro evangelhos, com especial relevo para o Evangelho segundo São João, que contem a melhor síntese e foi escrito com o propósito de mostrar aos pagãos que Jesus é homem e aos judeus que Jesus é Deus.

Essa opção serve perfeitamente os propósitos do autor, que considera a fé em Jesus Cristo como o começo da vida divina, que Deus nos comunica. Por isso, não se detém nas reflexões e divagações do sem número de autores que escreveram sobre Jesus Cristo. Concentra-se no essencial da fé. Seguindo a prática pastoral da Igreja primitiva, debruça-se criteriosamente sobre os temas mais iluminadores do Evangelho, como sejam a luz, a vida nova, a água viva, o dia sagrado, o bom pastor, o pão da vida, a ressurreição de Lázaro e a hora de Jesus que preparam e iluminam o mistério pascal da Morte e Ressurreição de Jesus, e só depois, reflete sobre o mistério da Encarnação do Verbo, com referência sintética, objetiva, precisa e esclarecedora às heresias cristológicas dos primeiros séculos. Ao longo desse percurso de análise e interpretação dos textos evangélicos, clarifica o sentido da profissão de fé em Jesus Cristo, recolhida no símbolo niceno-constantinopolitano e que é apresentada no fim.

O texto, escrito num estilo escorreito, afirmativo e coloquial é de leitura agradável, apesar das múltiplas referências bíblicas, que fundamentam e dão consistência teológica às afirmações produzidas. Por outro lado, a sensibilidade pedagógica do mestre de cristologia está bem patente em todo o livro e, nomeadamente, no corolário-síntese com que se conclui cada um dos capítulos, que ajuda a reter o essencial da exposição feita e aponta para uma atitude orante de louvor e de adoração.

Em conclusão, trata-se de um livro que é fruto de aturado estudo ao longo dos anos e de reflexão aprofundada na oração e aperfeiçoada nas múltiplas intervenções orais e escritas, proporcionadas pelo exercício do ministério apostólico. É um livro escrito sem pressa, com palavras que brotam espontaneamente do coração e que vale a pena ler como quem saboreia um fruto maduro e saboroso. O fruto de uma fé purificada no fogo do amor, que aquece o coração e confirma a esperança na comunhão futura com o Cristo glorioso.

XJosé Alves, 

Arcebispo emérito de Évora

Introdução Geral

Um bispo emérito, a quem já não estão confiadas, e com razão, as tarefas específicas do seu ministério, tem, por vezes, dificuldade em gerir o tempo disponível de que agora dispõe e de que nunca usufruiu, em tempos passados.

Ocupar o tempo de um modo proveitoso para nós próprios e para os nossos irmãos na fé, é uma tarefa que se impõe a qualquer pastor, mesmo que já tenha deixado para outros o cuidado direto do rebanho que já teve a seu cargo.

Como ser útil à comunidade, mesmo que nenhuma lhe esteja diretamente confiada?

Mas, como Cristo é, afinal, a razão de ser de todas as coisas, porque não ocupar o meu tempo com Ele? Até porque Ele nunca se esgota por mais que d’Ele nos ocupemos!

Noutros tempos, tive a ousadia de dirigir um curso de Cristologia, por incumbência do meu superior hierárquico! E fi-lo como sabia, mas com muita paixão!

Decidi, então, fazer agora algumas reflexões, à minha maneira, sobre a Pessoa, a mensagem e o ministério de Jesus.

Enquanto penso n’Ele, estou em boa companhia; enquanto escrevo, vou ocupando o tempo com bons pensamentos e de modo útil para mim mesmo, porque me vou afeiçoando mais ao meu Senhor. E, se as minhas reflexões tiverem alguma utilidade para quem as vier a ler, sinto-me recompensado por este modo de passar as minhas longas férias de bispo.

Longe de mim atribuir valor cristológico de fundo a estas páginas. Creio, apesar de tudo, que elas podem servir de ajuda no aprofundamento da fé de algumas pessoas que não tenham muitos pruridos académicos.

Que Cristo dê fecundidade a estas pretensões.

Senhor Jesus, Filho eterno de Deus Pai, feito Homem no seio de Maria, para nossa salvação, tornai fecundos todos estes nossos pensamentos, palavras e ações.

D. Manuel Madureira Dias

(Tarouquela, 7 janeiro 1936)

 

Manuel Madureira Dias, nasceu a 7 de janeiro de 1936, em Tarouquela, concelho de Cinfães e foi baptizado a 11 de janeiro do mesmo ano, na terra natal.

Fez a escola primária na terra de origem e completou os estudos humanísticos e filosófico-teológicos nos Seminários da Arquidiocese de Évora.

Licenciou-se em Teologia, na Universidade Gregoriana de Roma; e, em Filosofia, na Universidade de Coimbra.

Foi ordenado Presbítero, para a diocese de Évora, em 25 de junho de 1961. Na diocese, para que fora ordenado, exerceu os cargos de Prefeito e Vice-Reitor do Seminário Maior, durante seis anos; foi Pároco, em Elvas, durante oito anos. Leccionou Teologia no Seminário Maior de Évora, e, mais tarde, no Instituto Superior de Teologia na mesma cidade.

Recebeu a ordenação episcopal em 19 de junho de 1988.

Entrou na diocese do Algarve, como bispo dessa diocese, em 10 de julho de 1988, onde exerceu o seu múnus pastoral até 27 de junho de 2004. Por necessidade de dar resposta a algumas urgências pastorais, publicou alguns pequenos livros de índole pastoral e catequética.

Por falta de saúde pediu dispensa do exercício da missão episcopal, aos sessenta e sete anos de idade. Desde então, reside em Évora, onde colabora com o Pároco local.

 

CJFD

Downloads

Creio em Jesus - Indice

Índice do livro Creio em Jesus, o Filho de Deus

Downloads (125.35k)